Escolha uma Página

Hora do almoço? Reúna a equipe de trabalho em um restaurante japonês

Existem inúmeras opções de lugares para reunir os colegas de trabalho na hora do almoço e um deles, sem dúvida, é o restaurante japonês. Entre um sushi e outro é possível descontrair e recarregar as energias para a segunda etapa das atividades do dia.

A grande vantagem de escolher um restaurante japonês para fazer uma boa refeição no horário do almoço é que os pratos são saudáveis e possuem ingredientes que evitam inchaços, ajudam a desintoxicar o organismo, atuam no funcionamento do intestino, cuidam do coração e auxiliam na digestão.

Tem, ainda, restaurantes japoneses como o Djapa que oferece um rodízio vegetariano e vegano, perfeito para quem não come carne, peixe e produtos de origem animal, mas que quer aproveitar o almoço com os colegas de trabalho.

LEIA MAIS: Comida japonesa, entenda os principais pratos

Aproveite o menu do restaurante japonês para turbinar seu desempenho!

Além da descontração que um restaurante japonês oferece, alguns ingredientes presentes no preparo das refeições vão ajudar toda a equipe a produzir mais e melhor.

Os peixes, por exemplo, são ricos em ômega 3, ácido graxo que ajuda na produtividade e na memória, pelo fato de atuar na conexão entre os neurônios. Também tem ação anti-inflamatória, ajudando na regeneração das células do cérebro. O alimento está presente em pratos como sushi, sashimi e temaki.

As folhas verdes, como as algas e ao wakame, possuem uma substância chamada luteína. Este nutriente mantém o cérebro jovem, protege os neurônios e preserva a capacidade cognitiva.

Já a soja, presente na sopa missoshiru, contém uma substância chamada lecitina, que ajuda na memória.

Outro alimento que deixa o cérebro acordado é o gergelim que acompanha o sunomono, porque aumenta a oxigenação do cérebro à medida que fortalece os glóbulos vermelhos do sangue.

Para beber, que tal um chá? O chá verde, por exemplo, tem ação neuroprotetora, ajuda no processo de digestão, melhora a circulação sanguínea e controla a fome. O chá branco contém catequina, um polifenol que contribui para prevenir doenças cerebrais degenerativas. Há ainda o chá vermelho, que atua na queima de gordura e é rico em vitamina C.

Ah, e não se esqueça do café! A bebida preferida dos brasileiros possui cafeína, substância para deixar o cérebro alerta, melhorando a concentração e capacidade de aprendizagem.

Percebeu quantos benefícios para a saúde e desempenho profissional são encontradas em um restaurante japonês? Então reúna os colegas de trabalho para um almoço oriental!

Restaurante japonês em São Paulo

Eleito um dos melhores rodízios de comida japonesa pela revista Veja Comer & Beber São Paulo 2018/2019, o restaurante Djapa oferece um sistema inovador de rodízio e mais de 40 pratos tipicamente orientais, incluindo ostras, camarão, lula, entre outros.

O Djapa nasceu em 2004, na cidade de Arujá, região metropolitana de São Paulo. Anos depois, inaugurou sua segunda unidade, em Mogi das Cruzes (SP), e em 2014 chegou à capital paulista, com a casa de Moema, zona sul de São Paulo.

Com ambiente aconchegante e uma equipe sempre empenhada em atender bem cortês, o Djapa funciona diariamente, no almoço e no jantar, com cardápio tradicional completo, menu executivo e vegetariano.

Além do reconhecimento da revista Veja, o Djapa foi escolhido como o restaurante japonês número 1 de São Paulo pelas avaliações do site TripAdvisor e ganhou o prêmio de melhor rodízio de comida japonesa da capital paulista pela revista Go Where Gastronomia e pela rádio Jovem Pan em 2019.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIGA-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

Desenvolvido por
Leelah Marketing