Escolha uma Página

Banchá: quais os seus benefícios?

Consumido durante as refeições mais leves ou ao final, para ajudar na digestão, o banchá é uma bebida muito bem-vinda no cardápio japonês.

O banchá é uma variedade do chá verde japonês. Ele é conhecido como o “chá dos pobres”, pois é feito com folhas grossas e duras e com os talos que sobraram da colheita do chá verde.

A preparação do banchá segue o mesmo processo das demais bebidas com ervas. Basta colocar a água para esquentar numa panela e, quando levantar fervura, apagar o fogo. Depois coloca-se algumas folhas de chá na água e tampa-se por cerca de 15 minutos. Feito isso, é só coar e servir sem adoçar.

Se a proposta é beber o chá durante a alimentação, a sugestão é harmonizar o banchá com sushi. Para funcionar como um bom digestivo, tome após as refeições.

 

Conheça os benefícios do banchá

Com menor teor de cafeína, o banchá é rico em flavonoides, substâncias que combatem o envelhecimento precoce.

Esse chá japonês também melhora o sistema imunológico, alivia e impede o aparecimento de infecções orais, previne alguns tipos de câncer, mantém a pressão arterial e reduz as taxas do colesterol ruim.

A substância taurina, presente no banchá, também é bastante benéfica, principalmente para a pele, porque reduz a oleosidade e possui propriedades adstringentes, além de conter polifenóis, que ajudam a nutrir a pele.

Quem busca soluções naturais para fazer uma boa limpeza no organismo, também pode contar com os benefícios do banchá. Ele possui antioxidantes que desintoxicam o fígado e os rins.

Com poucas calorias, o banchá também ajuda na perda de peso, pois dá uma boa acelerada no metabolismo, e reduz a retenção de líquidos, por ser diurético.

LEIA MAIS: Dicas de harmonização de vinhos com comida japonesa

 

Onde saborear um japonês acompanhado de banchá em São Paulo?

Você pode saborear um bom banchá e dezenas de opções de pratos da culinária japonesa no Djapa.

Eleito um dos melhores rodízios de comida japonesa pela revista Veja Comer & Beber São Paulo 2018/2019, o restaurante Djapa oferece um sistema inovador de rodízio com pratos tipicamente orientais, incluindo ostras, camarão, lula, entre outros.

O Djapa nasceu em 2004, na cidade de Arujá, região metropolitana de São Paulo. Anos depois, inaugurou sua segunda unidade, em Mogi das Cruzes (SP), e em 2014 chegou à capital paulista, com a casa de Moema, zona sul de São Paulo.

Com ambiente aconchegante e uma equipe sempre empenhada em atender bem, o Djapa funciona diariamente, no almoço e no jantar, com cardápio tradicional completo, menu executivo e vegetariano.

Além do reconhecimento da revista Veja, o Djapa foi escolhido como o restaurante japonês número 1 de São Paulo pelas avaliações do site TripAdvisor e ganhou o prêmio de melhor rodízio de comida japonesa da capital paulista pela revista Go Where Gastronomia e pela rádio Jovem Pan em 2019.

 

Se preferir, faça seu pedido pelo delivery!

As unidades Moema, Mogi e Arujá do Djapa atendem você pelo Biz Food! Para fazer seu pedido no Djapa Mogi, clique aqui.

Se você está mais perto da unidade Moema, clique aqui.

E para pedir os pratos do Djapa Arujá, clique aqui.

Você também pode fazer seu pedido pelo aplicativo iFood, escolhendo pratos das unidades Moema e Mogi.

Outra opção é pedir pelo telefone e retirar diretamente no restaurante, em horário agendado e com toda segurança. Contate-nos: 11 4726-8773 e 4726-5997 (Djapa Mogi) e 11 2691-2003 e 11 2691-2004 (Djapa Moema).

0 comentários