Comida japonesa: entenda os principais pratos

A comida japonesa aguça os paladares de pessoas do mundo todo. Preparada de maneira minuciosa e com visual encantador, esta culinária apresenta uma grande variedade de pratos e sabores únicos.

Por ser tão apreciada e cheia de riquezas históricas, a culinária japonesa (washoku) foi incluída pela Unesco na lista de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade em dezembro de 2013.

Durante muito tempo, a comida japonesa se inspirou na chinesa, até adquirir sua própria identidade. Por conta da escassez de alimentos, e por estarem rodeados de oceanos, os japoneses viviam da caça e da pesca, o que justifica a grande quantidade de pratos à base de peixes e frutos do mar.

Ao longo dos séculos, por influência de outros países, novos itens ganharam espaço no menu japonês, como arroz, verduras e outros tipos de carnes.

No início do século XX, os japoneses chegaram ao Brasil trazendo sua cultura e, claro, sua rica culinária. Aos poucos, foram surgindo restaurantes típicos e popularizando os pratos que hoje são muito apreciados pelos brasileiros.

Comida japonesa: quais os pratos mais conhecidos

Considerada bastante saudável, a comida japonesa é composta por ingredientes ricos em nutrientes e nem sempre consumidos no dia a dia dos brasileiros. O menu é bastante vasto, mas existem algumas receitas que se tornaram mais famosas no Brasil.

Confira algumas delas:

 

Sushi

Esta típica comida japonesa é um bolinho de arroz enrolado com uma alga. O sushi traz diferentes ingredientes em seu interior, entre eles frutos do mar, peixe e vegetais. Como a variedade de sushi é bem grande, a iguaria pode ganhar outros nomes dependendo do recheio escolhido. A título de curiosidade, a palavra sushi significa “é azedo”.

 

Sashimi

O prato traz tiras finas de peixe cru, geralmente salmão e atum, mas também podem ser carnes de boi ou frango. Não é consumido com arroz, mas pode ser acompanhado de alga, molho shoyu e wasabi. Sashimi significa carne perfurada (sashi= perfurada + mi= carne)

 

Tempurá

De origem portuguesa, o tempurá se tornou um dos pratos clássicos da comida japonesa. A iguaria de massa fluida, feita à base de farinha de trigo e frita, pode ser composta apenas de legumes (cenoura, abóbora, berinjela, repolho, brócolis, entre outros) ou por frutos do mar, como camarão. Independentemente do recheio, o tempurá vem acompanhado de molho. O significado da palavra tempurá ainda é discutível. Porém, a mais comum vem do termo “tempora”, que significa “um período de tempo”, por conta da quaresma, período no qual os portugueses católicos não podem consumir carne vermelha.

 

Guioza

O guioza (ou gyoza) é uma comida japonesa frita, cozida, grelhada ou no vapor. É feito com uma massa bem fina no formato de pequenos pastéis com recheio de carne de porco moída ou legumes (repolho e cebolinha). O guioza geralmente é servido com molho shoyu. Dizem que, na verdade, o prato é originalmente chinês.

 

Temaki

Este cone feito de algas secas e crocantes caiu definitivamente no gosto dos brasileiros. Ele pode trazer os mais diferentes recheios, porém os mais comuns são atum, pepino, kani e salmão cru ou grelhado, todos com arroz. Para acompanhar, molho shoyu. Temaki é um tipo de sushi, sendo que “te” significa “mão” e “maki”, “enrolado”.

 

Missoshiru

Servida quente, antes do prato principal ou no café da manhã, a missoshiru é uma sopa feita à base de pasta de soja e dashi (caldo de peixe) e tofu. Algumas vezes pode conter legumes. A receita é servida em uma cumbuca, conhecida como ochawan. Missoshiru significa caldo de soja fermentada (misso é “soja fermentada” e shiru é “caldo”).

 

Huramaki

Também chamado de uramaki, é um sushi enrolado ao contrário. O arroz fica na parte externa e a alga na parte de dentro, mais próxima do recheio. O huramaki pode receber recheios variados, entre eles queijo e legumes. Huramaki significa enrolado ao contrário (“ura” quer dizer “por fora” e “maki” quer dizer “enrolado”).

 

Hot Roll

Sushi empanado e frito, o hot roll é um prato consumido quente. É feito com alga, arroz para sushi, salmão e, no Brasil, com um toque de cream cheese. O hot roll ingressou com sucesso no cardápio da comida japonesa, mas é importante lembrar que a invenção é brasileira.

 

Sunomono

Este aperitivo é feito com pepino japonês cortado em tiras bem fininhas e temperado com sementes de gergelim preto ou branco, acompanhado de um molho à base de vinagre de arroz. Sunomono significa coisas avinagradas.

 

Gohan

Não poderíamos deixar de lado o famoso arroz japonês. Este alimento indispensável na comida japonesa geralmente tem grãos bem curtos para darem a consistência grudenta após o cozimento e facilitar o uso do hashi (os famosos pauzinhos) na hora da refeição.

 

Onde saborear comida japonesa em São Paulo

Eleito um dos melhores rodízios de comida japonesa pela revista Veja Comer & Beber São Paulo 2018/2019, o restaurante Djapa oferece um sistema inovador de rodízio e mais de 40 pratos tipicamente orientais, incluindo ostras, camarão, lula, entre outros.

O Djapa nasceu em 2004, na cidade de Arujá, região metropolitana de São Paulo. Anos depois, inaugurou sua segunda unidade, em Mogi das Cruzes (SP), e em 2014 chegou à capital paulista, com a casa de Moema, zona sul de São Paulo.

Com ambiente aconchegante e uma equipe sempre empenhada em atender bem cortês, o Djapa funciona diariamente, no almoço e no jantar, com cardápio tradicional completo, menu executivo e vegetariano.

Além do reconhecimento da revista Veja, o Djapa foi escolhido como o restaurante japonês número 1 de São Paulo pelas avaliações do site TripAdvisor e ganhou o prêmio de melhor rodízio de comida japonesa da capital paulista pela revista Go Where Gastronomia e pela rádio Jovem Pan em 2019.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIGA-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

Desenvolvido por
Leelah Marketing